Visitantes online

contador de visitas

Ana Carolina de 10 anos quer Libras na escola

domingo, abril 28, 2013

 
 
Foto: Esta é Ana Carolina Geraldo de 10 anos. Ela é aluna do 6º ano do Humberto Brasi. Ana Carolina é filha de Joceline e André que são surdos. Ana Carolina sabe Libras desde os 4 anos de idade. Aprendeu a sinalizar em casa com seus pais. Ela acha importante o ensino da Libras na escola, como diz o Decreto 5.626. Ela diz que quando há as comemorações na escola, ela canta ou dança. Quando canta, seus pais não entendem o que ela diz. Os pais quase não participam de sua vida escolar, pois se sentem excluídos. Ontem quando eu fui visitar sua irmãzinha (aquela em que nasceu durante o parto que interpretei, lembram?), ela me perguntou: "Se é lei, porque as pessoas não cumprem?" - Alguém me ajude a responder esta pergunta, por favor.
 
 
Esta é Ana Carolina Geraldo de 10 anos. Ela é aluna do 6º ano do Humberto Brasi, aqui em Mogi Mirim - SP. Ana Carolina é filha de Joceline e André que são surdos.
 
Ana Carolina sabe Libras desde os 4 anos de idade. Aprendeu a sinalizar em casa com seus pais. Ela acha importante o ensino da Libras na escola, como diz o Decreto 5.626.
 
 
O decreto 5.626 em seu capítulo II Art. 3º diz: “A Libras deve ser inserida como disciplina curricular obrigatória nos cursos de formação de professores para o exercício do magistério, em nível médio e superior, e nos cursos de Fonoaudiologia, de instituições de ensino, públicas e privadas, do sistema federal de ensino e dos sistemas de ensino dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios.”
Nos cursos superiores de licenciatura, Libras já é matéria obrigatória na grade curricular dos cursos.

No capítulo III art. 13: “O ensino da modalidade escrita da Língua Portuguesa, como segunda língua para pessoas surdas, deve ser incluído como disciplina curricular nos cursos de formação para professores para a educação infantil e para os anos iniciais do ensino fundamental, de nível médio e superior, bem como nos cursos de licenciatura com habilitação em Língua Portuguesa.
No capítulo IV,
Parágrafo IV: garantir o atendimento às necessidades educacionais especiais de alunos surdos, DESDE A EDUCAÇÃO INFANTIL, nas salas de aula e, também, em salas de recursos, em turno contrário ao da escolarização;

Parágrafo V: apoiar, na comunidade escolar, o uso e a difusão de Libras entre professores, alunos, funcionários, direção da escola e familiares, inclusive por meio da oferta de cursos.
 
Neste último parágrafo, eu entendo que a Libras deve ser divulgada, propagada, espalhada entre professores, alunos, funcionários, direção da escola e familiares, inclusive por meio da oferta de cursos.
Ela diz que quando há as comemorações na escola, ela canta ou dança. Quando canta, seus pais não entendem o que ela diz. Os pais quase não participam de sua vida escolar, pois se sentem excluídos. Ontem quando eu fui visitar sua irmãzinha (aquela em que nasceu durante o parto que interpretei, lembram?), ela me perguntou: "Se é lei, porque as pessoas não cumprem?" - Alguém me ajude a responder esta pergunta, por favor.
 
 

Leia Também

0 comentários

Seu comentário é muito importante!
Obrigada

Os mais lidos

Meu canal no Youtube

Loading...